Escuto no silêncio que há em mim e basta. Outro tempo começou pra mim agora...

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

 
 
Todo mundo me fala que eu preciso ser minha, inclusive pra ser sua, mas eu não deixo de olhar para o espelho e ver uma metade de gente, uma metade de sonho, de sexo, de alegria e de futuro. Que se foda a auto-ajuda, que se fodam os livros com homens carecas, que se foda o terceiro olho (do cu?) e que se foda a psicologia: eu sou mesmo metade sem você e que se foda! Se antes de você aparecer eu já te amava, eu já te esperava, eu já sabia que você existia, como eu posso não te amar agora que você tem forma, sorriso, coração e nome?

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

 
 
'E se a gente simplesmente reconhecesse que nosso relacionamento é ruim, e mesmo
assim ficasse junto? Se admitisse que a gente enlouquece um ao outro, que está sempre brigando e quase nunca transa, mas não consegue viver um sem o outro, por isso agüenta tudo? Daí a gente poderia passar a vida inteira junto... infelizes, mas felizes por não estarmos separados.'
 
Gosto do que me tira o fôlego.
Do que me deixa louca,tira os meus pés do chão.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

 
Mas enfim, existem coisa que somente o coração é capaz de explicar e as vezes não adianta so virar a página, muitas vezes precisamos rasgá-la!

 

Eu nunca vou entender...
Porque você é exatamente o que eu quero,
eu sou exatamente o que você quer,
mas as nossas exatidões não funcionam
numa conta de mais.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011


Eu não sei esperar nada. E a natureza gritando no meu ouvido então, já que sou birrenta, vou ficar sem nada mesmo. Porque é preciso saber viver. Atiram a gente nesse mundo, nosso coração sente um monte de coisa desordenada, nosso cérebro pensa um monte de absurdo. E a gente ainda precisa ser superequilibrada para ganhar alguma coisa da vida. Como se só por estar aqui, aturando tanta maluquice, a gente já não devesse ganhar aí um desconto para também ser louco de vez em quando. '
 
 
Você coloca aquele moletom cinza com dizeres do surf e eu experimento um guarda-roupas inteiro pra ficar à sua altura. Você é essa força da natureza que deu certo. Eu gasto metade do meu salário pra me sentir como você deve se sentir escovando os dentes.
Eu sou sim a pessoa que some, que surta, que vai embora, que aparece do nada, que fica porque quer, que odeia a falta de oxigênio das obrigações, que encurta uma conversa besta, que estende um bom drama, que diz o que ninguém espera e salva uma noite, que estraga uma semana só pelo prazer de ser má e tirar as correntes da cobrança do meu peito. Que acha todo mundo meio feio, meio bobo, meio burro, meio perdido, meio sem alma, meio de plástico, meia bomba. E espera impaciente ser salva por uma metade meio interessante que me tire finalmente essa sensação de perna manca quando ando sozinha por aí, maldizendo a tudo e a todos. Eu só queria ser legal, ser boa, ser leve. Mas dá realmente pra ser assim?

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011


Sou pessoa de dentro pra fora. Minha beleza está na minha essência e no meu caráter. Acredito em sonhos, não em utopia. Mas quando sonho, sonho alto. Estou aqui é para viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente.Sou isso hoje...
Amanhã, já me reinventei.
Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim.
Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina... E vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar...
Não me dôo pela metade, não sou tua meio amiga nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada. Não suporto meio termos. Sou boba, mas não sou burra. Ingênua, mas não santa. Sou pessoa de riso fácil...e choro também!

Se tem uma palavra que me descreve MUITO bem é : MASOQUISTA!
Não sei se sou a única, mas eu sempre gostei daquilo que é impossível sabe? Quanto mais pisam em mim, mais me esnobam, mais falam que eu não sirvo, MAIS eu quero. Luto, sofro, choro, enlouqueço, piro...
E os pobres que fazem o melhor por mim, que sempre querem me ver feliz, que me dão tudo o que eu quero e um pouco mais, esses me cansam fácil. Uma pena, porque esses sim merecem o meu amor.
Gosto é de correr atrás, de mandar mensagens e cansada adormecer esperando uma resposta que não vem, de perder noites pensando em planos fracassados para conseguí-lo para mim. Gosto é de ouvir músicas melancólicas e ficar imaginando como seríamos felizes SE estivéssemos juntos...
E me perco em pensamentos estranhos, impossíveis... Então o real, o possível, se perde em meio a tanta maluquice(...)
 
Eles estão certos: eu falo demais, sou exibida demais, indecisa demais. Filha única que a mãe mimou, menina que não gosta de rosa, adolescente que prefere casa sábado a noite, é... Do contra mesmo! Mesmo assim minha mãe lava minhas calcinhas, tenho blusa rosa Pink e até danço funk de vez em quando, como disse... indecisa demais! Já fui dentista, psicóloga, hoje... quase publicitária. Desculpe mas é muita criatividade pra cuidar de dente... mente... gente. Sou ciumenta e orgulhosa na mesma intensidade, por isso morro e você nem sabe o quanto eu quero tudo só pra mim. Já fui chamada de fria, insensível, monstrinho, estrategista (essa é minha preferida), calculista e coração de pedra de gelo. Preciso confessar, tudo mentira! Acredito em amor pra vida toda, e ninguém imagina que filme brega e música mela cueca me faz chorar e você sabe... gelo? Uma hora derrete !

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011


E de sofrer assim e enlouquecer assim, nunca dou tempo de ser muito para esses amores porque estrago antes.
Eu só queria que ele aparecesse, o homem que vai me olhar de um jeito que vai limpar toda a sujeira, o rabisco, o nó.O homem que vai ser o pai dos meus filhos e não dos meus medos.O homem com o maior colo do mundo, para dar tempo de eu ser mulher, transar para sempre. Para dar tempo de eu ser criança, chorar para sempre.
Para dar tempo de eu ser para sempre.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

"Eu sei que sou pesada, triste, dramática, neurótica, louca, insatisfeita, mimada, carente. Mas você se esqueceu da minha maior qualidade: eu sou só."


"Apesar de tudo, você ainda é a primeira coisa que penso quando me dizem: Faça um pedido."
Me sinto esfolada viva pelo mundo. Me sinto enganada por anjos. Me sinto inteira uma enganação. Respiro mentiras. Visto desculpas. Ajo disfarces. Porque a gente estava sim se amando mas você correu pra levantar antes a bandeira do "se fudeu trouxa, o amor não existe".