Escuto no silêncio que há em mim e basta. Outro tempo começou pra mim agora...

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Meu ser

Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que quase me deixa exausta. Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo. Eu sei chorar toda encolhida abraçando as pernas. - Por isso não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, visceras e falta de ar.

Clarice Lispector

..

Dói e não passa com sopro...


"A gente precisa é de fé. E de pessoas. Porque eu me sinto meio vazia de pessoas, pessoas dessas que fazem festa na gente, que fazem a alma bater palmas. Pessoas que entendam esse meu jeito de não fazer muito alarde, de chegar sem espantar as borboletas. Eu tenho uma joaninha no dedo indicador e essa sensibilidade ardendo nos ombros desde muito tempo..."
Uma vontade de sair correndo...
Quase um desespero , eu diria!

Já aprendi que não se julga sentimento
mas esse carece prisão perpétua...

Se a gente pede bem alto Deus atende e o coração escuta?
E se a gente chora e desiste?

Eu queria desistir, juro que queria...
Mudar de nome, forma e status.

Mas o que eu queria mesmo, no fundo e no raso, era dar conta.

Maira Regina
Que eu tenha sempre comigo: Colo de mãe.
Abraço apertado. Riso de graça. Brilho no olho.
Amor quentinho. Tristeza que passa. Força nos ombros.
Criança por perto. Astral bonito. Prece nos lábios.
Saudade mansinha. Fé no futuro. Delicadeza nos gestos.
Conversa que cura. Cotidiano enfeitado.
Firmeza nos passos. Sonhos que salvam.
Começo a duvidar que entenda as minhas delicadezas.
É poesia baby!

É jeito bonito de eternizar e de acariciar, mesmo distante.
Não tenho medo de parecer cafona, mas de confirmar a minha desconfiança por sua sensibilidade.
Seria você uma propaganda enganosa ou eu que te pintei colorido demais?


(Mel de Melão)

Tudo fica mais claro e seu amor me abraça mais seguro.

Acontecem no tempo certo : o pedido, o olhar, a proteção e a escolha.

Benditos os acasos que fizeram com que nos encontrássemos e bendita a construção dessa caminhada.


A gente batalha tanto pra perder a inocência e finalmente enxergar as coisas com clareza, que nos permitimos endurecer durante o caminho para finalmente alcançarmos este estado. Nem tudo que a gente conserva de puro merece ser abandonado. Assim como os anos não anulam o que já foi vivido, a maturidade não anula o que já foi sonhado!

Fernanda Gaona
"Acho que a única razão de sermos tão apegados em memórias, é que elas não mudam, mesmo que as pessoas tenham mudado." 
Eu queria encontrar um jeito bonito pra falar de algumas lembranças sem me aborrecer... E queria encontrar um jeito mais bonito ainda pra esquecer outras sem me sentir levada.


maira regina 
 


"Eu não posso parar. Não posso parar. Não posso parar. Não posso parar. Não posso parar. Se eu parar vou dar ouvidos a mim."

(Tati Bernardi)
“o problema é que quero muitas coisas simples,

então pareço exigente...”

Fernanda Young

"
É estúpido, eu sei, mas peço por um grande amor todas as noites. E que meu grande amor me diga: você não se enganou, eu estou aqui. E rodeie-me, num abraço que dure em mim o dia todo, porque sinto muita falta de acolhimento.


Procuro alguém que queira receber a minha liberdade, sem tomá-la. Que saiba cuidar desse “vão” bonito que deve haver entre as pessoas, e que tenha a medida da canção do Cazuza, porque “eu quero a sorte de um amor tranquilo...”.


Quero um amor barroco.

Com os excessos que já nem lembro.

É estúpido, eu sei, mas quero um amor que não me deixe partir nunca mais..."

Achei no Blog: http://elzinha-semalgemas.blogspot.com/2011/07/eucaliptos-na-janela.html
 
 
'Talvez eu não seja adulta o suficiente 
para brincar tão longe do meu pátio,
do meu quarto, das minhas bonecas.'


Me levaram embora umas seguranças que eu apertava firme na mão pra não perder jamais
E tive que crescer num instante.

Me sopraram umas folhas secas anunciando que aquilo que eu insistia em recordar tava antigo demais pro hoje
E eu fiz remendos em 27 centímetros de alma.

Me fizeram perceber a linha tênue que separava o humano do plástico
E eu compreendi que faltava grau na minha lente de aumento.

Me disseram que dali pra frente não haveria rascunhos pra amparar minha história
E eu inventei um novo jeito de escrever.

E embora eu não saiba exatamente em quais dos bolsos guardei minhas indecisões e em que momento precisarei ampanhá-las, percebo que o outro que me chega em palavras, nada mais me provocará além de um ou dois espirros.


Maira Regina



Eu não sei se estou sofrendo de paciência curta ou intolerância comprida.
Se as invasões estão maiores que a porta ou se a abertura encolheu provocando essa sensação de desagrado. O que sei e bem disse Tati Bernadi  é que"(...) cansei de morrer na vida das pessoas, resolvi matar também!".
Amanhã passa, mas não posso deixar de descrever hoje essa sensação de amargo na boca. Argh!

Maira Regina

terça-feira, 31 de julho de 2012



"Conheço poucas coisas mais
esplêndidas, o adjetivo é esse, do que um girassol aberto."
(Caio Fernando Abreu)


"Há algo em mim que me salva de mim.[...] 
Que não me deixa esquecer que continuo a ter asas, mesmo quando eu não voo"

[Ana Jacomo]


"Tem gente que entra na nossa vida de forma providencial e se encaixa naquela história que gosto de imaginar: surpresas que Deus embrulha pra presente e nos envia no anonimato. Surpresas que só sabemos de onde vêm porque chegam com o cheiro dele no papel. Acho maravilhoso perceber o quanto algumas vidas interagem com a nossa de um jeito tão mágico e bonito. Os milagres existem para quem tem olhos que sabem ver a sabedoria e a ludicidade amorosa próprias do que é divino. Do que transcende. Do que escapole da nossa lógica tantas vezes sem coração. Todo encontro que verdadeiramente nos toca é uma espécie de milagre num mundo de bilhões de seres humanos. Algumas pessoas a gente nem imaginava que existiam, mas, meu Deus, que agrado bom é para a alma descobrir que vivem. Que estão por aqui conosco. Pessoas que fazem muita diferença na nossa jornada, com as quais trocamos figurinhas raras para o nosso álbum."

"Eu sei que não foi você que desarrumou minha vida e fez essa bagunça toda que tive que arrumar gradualmente enquanto cuspia minha raiva, minha dor, mas, por favor, para entrar aqui agora é preciso pés descalços e nenhuma armadura. É por eu não ter deixado de confiar nas pessoas que te peço isso. Não existe tristeza em mais nenhum canto desta casa, tudo foi limpo e adornado com amor, saiba receber esta dádiva..."

[Marla de Queiroz]

"Posso ser cheia de dúvidas, mas se tem uma coisa que não faz parte da minha vida é a paralisia. Você até pode me ver reclamar, berrar, me contorcer, mas de maneira nenhuma vai me ver calar,aceitar e me conformar com o que não for bom pra mim. Posso sentir meu passo lento, meu caminho incerto, mas você nunca vai me ver no acostamento esperando alguém passar pra me levar na garupa. Eu vou nem que eu tenha que ir andando, nem que eu tenha que voltar pra arrumar outra forma de ir de novo.

Na vida, meu caro, não dá pra deixar barato. Arriscar é preciso.
Então, segue a risca mas não deixa sua história em branco."

Fernanda Gaona


Você sabe, estou saindo de um momento muito escuro, então tenho
procurado não deixar que as minhas dores pessoais — do meu ponto de vista:
enormes — interfiram no meu viver objetivo. As vezes afundo no trabalho e
esqueço que gostaria/ poderia estar agora mesmo em Marrakesh, por exemplo. 
Mas prefiro pensar que vale a pena
Eu tenho que pensar que vale a pena.

[Caio F. Abreu. Carta a Luiz Fernando Emediato , Porto,06.10.1976]



"Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer, amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?"


(Amar - Carlos Drummond de Andrade)

terça-feira, 12 de junho de 2012




"Escolha, entre todas as escolhas que tiveres, aquela que seu coração mais gostar, e persiga-a até o fim do mundo. Mesmo que ninguém compreenda, como se fosse um combate. Um bom combate, o melhor de todos, o único que vale a pena. O resto é engano, minha filha, é perdição."




Caio Fernando Abreu

quarta-feira, 23 de maio de 2012

"Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”. Amyr Klink

sábado, 3 de março de 2012


"Quando só temos olhos para o que nos falta
nos faltam olhos para ver e apreciar um bocado de coisas preciosas que já temos."

Ana Jácomo


Os contos de fadas são assim
Uma manhã, a gente acorda
E diz: 'Era só um conto de fadas...'

E a gente sorri de si mesma


Mas, no fundo, não estamos sorrindo.


Sabemos muito bem que os contos de fadas


são a única verdade da vida."


(Antoine de Saint-Exupéry)

"(...)não perco a fé por constatar o óbvio: tudo é provisório, inclusive nós."

Martha Medeiros.

"Se fosse só sentir saudade, mas tem sempre algo mais..."

(Legião Urbana - Angra dos Reis)

“Mas não tenho mais tanta pressa.
Comecei a aprender a ser mais gentil com o meu passo.
Afinal, não há lugar algum para chegar além de mim.
Eu sou a viajante e a viagem."

Ana Jácomo


"A vida pousa em minhas mãos. Algo novo se presencia.
             Um lugar, 
um poema,
uma frase, 
uma música, 
um sonho...
   Sou eu me renovando em meus passos, renovando minhas cores.
       Deixando meus ombros livres para o pouso das borboletas..."

Suzanne Leal

Que esta minha paz e este meu amado silêncio

Não iludam ninguém

Não é a paz de uma cidade bombardeada e deserta
Nem tampouco a paz compulsória dos cemitérios
Acho-me relativamente feliz
Porque nada de exterior me acontece...
Mas,
Em mim, na minha alma,
Pressinto que vou ter um terremoto!" 


Mário Quintana

sábado, 28 de janeiro de 2012


Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir.

Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes.Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas.

Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo."

Ana Jácomo

"É uma benção inestimável receber amor. 
Mas, quando a gente dói, precisa cuidar da própria dor com o carinho com que gostaríamos de ser cuidados pelos outros
Com a atenção e a suavidade com que tantas vezes cuidamos de outras vidas. Os beijos bons precisam começar em nós."

Ana Jácomo


Talvez a gente esteja no mundo para procurar o amor,

encontra-lo e perdê-lo, muitas e muitas vezes.
Nascemos de novo a cada amor e,
a cada amor que termina, abre-se uma nova ferida...
Estou cheia de orgulhosas cicatrizes.



Isabel Allende


As pessoas, para serem belas e amadas,

precisam ter um vazio dentro delas.
A maioria acha o contrário;
pensa que o bom é ser cheio.
Essas são as pessoas que se acham
cheias de verdades e sabedoria e falam sem parar.
São umas chatas quando não são autoritárias.
Bonitas são as pessoas que falam pouco e sabem escutar.
A essas pessoas é fácil amar.
Elas estão cheias de vazio.
E é no vazio da distância que vive a saudade...


Rubem Alves

"Sei que todos algum dia acordamos
com a senhora desilusão sentada na beira da cama.
Mas a gente vai à luta e inventa um novo sonho,
uma esperança, mesmo recauchutada:
vale tudo menos chorar tempo demais.
Pois sempre há coisas boas para pensar.
Algumas se realizam.
Criança sabe disso."




Lya Luft


Às vezes eu tenho a impressão 
de que alguns sorrisos são ondas que começam no coração,


brincam de sol nos olhos e,
instantaneamente,
levam clarão para a boca, 


para o rosto todo, 


para a vida inteirinha.


Ana Jácomo

Com o coração se pede. 
Com o coração se procura.
Com o coração se bate e é com o coração que a porta se abre.

Santo Agostinho

Para cada dia deste ano.....


“Desejo que haja cumplicidade. 
Que o entendimento aconteça no olhar. 
Que as palavras sejam estilingues e não pedras. 
Desejo que haja tolerância e muita paciência.
Que os defeitos de um, não machuquem o outro.
Que as qualidades de um, não ofusquem o outro.
Desejo que o tempo seja generoso
Que os dias passem em paz. 
Que as noites sejam de festa. 
Desejo que a rotina não seja cruel. 
Que a paixão seja sempre descoberta. 
Que o abraço seja sempre conforto. 
Desejo que as vontades caminhem de mãos dadas
Que as diferenças e distâncias só sirvam para aproximar.
E que a fé no amor, seja salvação para todos os dias.”
Briza Mulatinho

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Não esqueci a tempestade, não esqueci de nada,

mas tomei uns analgésicos e a dor, aos pouquinhos, vai passando. E mesmo que você venha ameaçar meu dia com chuva, hoje vai fazer sol! E a previsão do tempo de amanhã também é sol, um sol digno de praia. Mas amanhã é amanhã, embora eu saiba que também vou sorrir, vou começar a sorrir logo de hoje, porque a vontade pulsa em mim, anima tudo aqui dentro do meu corpo e eleva minha alma. Eu vou sorrir porque quero! Porque nada do que você faça hoje roubará o meu sorriso de mim.
Acho a maior graça. Tomate previne isso,cebola previne aquilo, chocolate faz bem, chocolate faz mal, um cálice diário de vinho não tem problema, qualquer gole de álcool é nocivo, tome água em abundância, mas não exagere...

Diante desta profusão de descobertas, acho mais seguro não mudar de hábitos.

Sei direitinho o que faz bem e o que faz mal pra minha saúde.

Prazer faz muito bem.
Dormir me deixa 0 km.
Ler um bom livro faz-me sentir novo em folha.
Viajar me deixa tenso antes de embarcar, mas depois rejuvenesço uns cinco anos.
Viagens aéreas não me incham as pernas; incham-me o cérebro, volto cheio de idéias.
Brigar me provoca arritmia cardíaca.
Ver pessoas tendo acessos de estupidez me
embrulha o estômago.
Testemunhar gente jogando lata de cerveja pela janela do carro me faz perder toda a fé no ser humano.
E telejornais... os médicos deveriam proibir - como doem!
Caminhar faz bem, dançar faz bem, ficar em silêncio quando uma discussão está pegando fogo,
faz muito bem! Você exercita o autocontrole e ainda acorda no outro dia sem se sentir arrependido de nada.
Acordar de manhã arrependido do que disse ou do que fez ontem à noite é prejudicial à saúde!
E passar o resto do dia sem coragem para pedir
desculpas, pior ainda!
Não pedir perdão pelas nossas mancadas dá câncer, não há tomate ou mussarela que previna.
Ir ao cinema, conseguir um lugar central nas fileiras do fundo, não ter ninguém atrapalhando sua visão, nenhum celular tocando e o filme ser espetacular, uau!
Cinema é melhor pra saúde do que pipoca!
Conversa é melhor do que piada.
Exercício é melhor do que cirurgia.
Humor é melhor do que rancor.
Amigos são melhores do que gente influente.
Economia é melhor do que dívida.
Pergunta é melhor do que dúvida.
Sonhar é melhor do que nada!
Martha Medeiros