Escuto no silêncio que há em mim e basta. Outro tempo começou pra mim agora...

terça-feira, 31 de julho de 2012



"Conheço poucas coisas mais
esplêndidas, o adjetivo é esse, do que um girassol aberto."
(Caio Fernando Abreu)


"Há algo em mim que me salva de mim.[...] 
Que não me deixa esquecer que continuo a ter asas, mesmo quando eu não voo"

[Ana Jacomo]


"Tem gente que entra na nossa vida de forma providencial e se encaixa naquela história que gosto de imaginar: surpresas que Deus embrulha pra presente e nos envia no anonimato. Surpresas que só sabemos de onde vêm porque chegam com o cheiro dele no papel. Acho maravilhoso perceber o quanto algumas vidas interagem com a nossa de um jeito tão mágico e bonito. Os milagres existem para quem tem olhos que sabem ver a sabedoria e a ludicidade amorosa próprias do que é divino. Do que transcende. Do que escapole da nossa lógica tantas vezes sem coração. Todo encontro que verdadeiramente nos toca é uma espécie de milagre num mundo de bilhões de seres humanos. Algumas pessoas a gente nem imaginava que existiam, mas, meu Deus, que agrado bom é para a alma descobrir que vivem. Que estão por aqui conosco. Pessoas que fazem muita diferença na nossa jornada, com as quais trocamos figurinhas raras para o nosso álbum."

"Eu sei que não foi você que desarrumou minha vida e fez essa bagunça toda que tive que arrumar gradualmente enquanto cuspia minha raiva, minha dor, mas, por favor, para entrar aqui agora é preciso pés descalços e nenhuma armadura. É por eu não ter deixado de confiar nas pessoas que te peço isso. Não existe tristeza em mais nenhum canto desta casa, tudo foi limpo e adornado com amor, saiba receber esta dádiva..."

[Marla de Queiroz]

"Posso ser cheia de dúvidas, mas se tem uma coisa que não faz parte da minha vida é a paralisia. Você até pode me ver reclamar, berrar, me contorcer, mas de maneira nenhuma vai me ver calar,aceitar e me conformar com o que não for bom pra mim. Posso sentir meu passo lento, meu caminho incerto, mas você nunca vai me ver no acostamento esperando alguém passar pra me levar na garupa. Eu vou nem que eu tenha que ir andando, nem que eu tenha que voltar pra arrumar outra forma de ir de novo.

Na vida, meu caro, não dá pra deixar barato. Arriscar é preciso.
Então, segue a risca mas não deixa sua história em branco."

Fernanda Gaona


Você sabe, estou saindo de um momento muito escuro, então tenho
procurado não deixar que as minhas dores pessoais — do meu ponto de vista:
enormes — interfiram no meu viver objetivo. As vezes afundo no trabalho e
esqueço que gostaria/ poderia estar agora mesmo em Marrakesh, por exemplo. 
Mas prefiro pensar que vale a pena
Eu tenho que pensar que vale a pena.

[Caio F. Abreu. Carta a Luiz Fernando Emediato , Porto,06.10.1976]



"Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer, amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?"


(Amar - Carlos Drummond de Andrade)